Home » Um passeio por Florianópolis e seus diversos pontos turísticos
Dicas de Viagem Nacionais

Um passeio por Florianópolis e seus diversos pontos turísticos

0

Florianópolis, a famigerada Floripa, tem muito a oferecer para aqueles que desejam conhecer melhor o litoral sul do Brasil. As opções são variadas e os cenários incrivelmente belos: lagoas, dunas, montanhas, mangues; e ainda uma vida cultural igualmente diversificada, que atrai não só a galera que busca curtição, mas também famílias inteiras e até mesmo casais em lua de mel.

VEJA AQUI OS MELHORES HOTÉIS E POUSADAS EM FLORIANÓPOLIS

Mercado Público Municipal
Mercado Público Municipal (Foto: Christian Knepper – Embratur)

A capital do estado de Santa Catarina – e uma das três ilhas-capitais do Brasil –, não poderia ficar de fora do roteiro dos viajantes HU. Neste post, falaremos um pouco sobre alguns dos principais pontos turísticos da Ilha da Magia. Como de praxe, selecionamos belas imagens desta bela cidade para que você sinta com mais intensidade a verdadeira magia que rendeu o apelido a essa ilha.

Ponte Hercílio Luz

 Ponte Hercílio Luz Floripa

Cartão postal de Florianópolis, a ponte Hercílio Luz é um monumento de elevado valor histórico e paisagístico, além de ter representado um marco decisivo para o desenvolvimento de Florianópolis, diminuindo o seu isolamento do restante do território catarinense, pois até então, o acesso à ilha era feito apenas por embarcações.

Lagoa da Conceição

Lagoa da Conceição
O agito é marca registrada dessa região que tem as noites mais procuradas dos verões na ilha

Situado no centro geográfico da Ilha de Santa Catarina, o bairro Lagoa da Conceição reúne praias, dunas, montanhas e a maior lagoa da Ilha. Com tanta diversidade, o lugar tornou-se o ponto turístico natural mais conhecido de Florianópolis. Na Lagoa da Conceição, é comum encontrar praticantes de windsurfe, vela, caiaque, kitesurfe e jet ski.

Praias do Norte

Praia de Canasvieiras
Pôr do Sol em Canasvieiras. Praia é reduto de argentinos

São as que concentram maior infraestrutura turística e contam com ampla oferta de hospedagem e serviços. Praias como Jurerê, Daniela, Ponta das Canas, Canasvieiras, Lagoinha e Sambaqui encantam turistas dos mais variados estilos. Canasvieiras, por exemplo, reúne uma das maiores concentrações de argentinos por metro quadrado do Brasil. Cachoeira do Bom Jesus e Santo Antônio de Lisboa são boas opções para famílias com crianças. Já as opções para a galera do surfe são: Praia Brava, Praia dos Ingleses e Santinho.

Praias do Sul

Praia do Campeche Floripa
Esse barquinho aí em cima está na Praia do Campeche

Essas podem ser consideradas praias mais tranquilas. Algumas contam com a presença de pescadores, possuem trechos praticamente desertos e entorno preservado. A praia da Armação e a praia de Pântano do Sul integram o maior complexo pesqueiro da Ilha de Santa Catarina. Além dessas, a parte sul da ilha conta com as seguintes praias: Morro das Pedras, Matadeiro, Lagoinha do Leste, Açores, Solidão, Saquinho, Ribeirão da Ilha, Caieira da Barra do Sul, Tapera, Naufragados, com seu farol do século XIX e Campeche, de onde se tem acesso de barco à paradisíaca Ilha do Campeche.

Praias do Leste

Praia da Galheta Floripa
Praia da Galheta: quem vence a trilha de 300 metros encontra esse visual. Vale o esforço?

Já essas, são praias de mar aberto e, portanto, apropriadas para a prática de esportes náuticos. As ondulações da Praia Mole e da Joaquina agradam aos surfistas. As praias também são conhecidas por serem points de jovens e sinônimo de badalação. E para os que preferem  surfar sem correr o risco de tomar um caixote, nada como curtir as areias da “Joaca”. Galheta é uma opção para os adeptos do naturismo, no entanto, o nudismo não é obrigatório. Na praia de Barra da Lagoa, o viajante verá um mar calmo e poderá contar com boa infraestrutura. Já na praia de Moçambique, o viajante não verá nada além de 7,5 quilômetros de areia, mar e muita paz.

Dunas de Florianópolis

Dunas Floripa
As dunas de Floripa agradam a galera do Sandboard

Como áreas de preservação permanente, as dunas são, sem dúvida nenhuma, uma das maiores atrações turísticas de Florianópolis. É praticamente impossível alguém visitar a Ilha e não ficar encantado com suas areias escaldantes que protegem o avanço das águas do mar. As dunas reúnem as principais praias de Floripa, onde é possível praticar o Sandboard (surfe de areia).

Costa da Lagoa de Floripa

Costa da Lagoa de Floripa
Os pequenos cais e as embarcações pitorescas traduzem a rusticidade local

A Costa da Lagoa teve toda sua região tombada pelo município como Área de Preservação Cultural. O lugar é considerado um dos últimos redutos da cultura açoriana, com um núcleo de pescadores e rendeiras que ainda vivem como seus antepassados. Essa opção também é a mais cultural, uma vez que passa por diversas vilas e pelos antigos engenhos de farinha, que estão preservados e são ótimas opções de visita. Todos os caminhos da vila levam ao centrinho da Costa da Lagoa, que tem como principal atração os diversos restaurantes caseiros à beira da Lagoa.

Lagoa do Peri

Lagoa de Peri
Simples e bela

Com 23 quilômetros quadrados de mata e trilhas belíssimas que levam a cachoeiras, foi transformada, no ano de 1981, em Parque da Lagoa do Peri. Desde então, está sob jurisdição da Fundação Municipal do Meio Ambiente (Floram). Com boa estrutura para quem procura tranquilidade, a Lagoa é dividida em três áreas para controle – lazer, reserva biológica e paisagem cultural.

Ilha do Campeche

Ilha do Campeche
A bela combinação de cores da ilha

Localizada a sudeste de Florianópolis, em frente à Praia do Campeche, a Ilha do Campeche possui um rico ecossistema e abriga uma representativa parcela do patrimônio arqueológico do Estado de Santa Catarina. É a única ilha do Brasil tombada como Patrimônio Arqueológico e Paisagístico Nacional.

Sambaqui

Praia Sambaqui
Não há pousada em Sambaqui. Mas diversos bares oferecem essa vista, além de bons petiscos

A praia de Sambaqui é um tradicional vilarejo de pescadores que abriga, além de nativos, turistas e veranistas que procuram um lugar calmo e tranquilo para se estabelecer. De raízes açorianas, a comunidade de Sambaqui luta pela preservação de seus costumes e tradições, quase sempre promovendo festas religiosas e incentivando grupos de danças folclóricas como o Boi-de-Mamão, a Ratoeira e o Pau de Fita, montados e dançados pelos próprios membros da comunidade. O visual é um dos maiores atributos de Sambaqui. Além da paisagem típica do século XIX, o local apresenta vista panorâmica da Baía Norte e do Continente.

Calçadão da Felipe Schmidt

Calçadão da Felipe Schmidt
O Calçadão vazio é uma cena difícil de ser registrada

Vendedores ambulantes e comércio desenvolvido fazem esta rua do Centro Histórico ferver com os passantes. Os prédios, erguidos nos séculos XVIII e XIX, possuem sua arquitetura preservada e tornam o lugar ainda mais  interessante. Estando lá, não deixe de visitar o bar Ponto Chic, ou “Senadinho”, como é conhecido na cidade.

Fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim

Fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim
A fortaleza, finalizada em 1744, nunca foi acionada belicamente

A Fortaleza de Santa Cruz está localizada na Ilha de Anhatomirim, na entrada da Baía Norte, Município de Governador Celso Ramos. Pode-se chegar a esta Fortaleza através dos serviços de escunas que fazem passeios marítimos na região, partindo de diferentes pontos do centro de Florianópolis: próximo à Ponte Hercílio Luz, Trapiche da Beira Mar Norte e da Praia de Canasvieiras

A capital da diversidade

O viajante que chega a Florianópolis em qualquer época do ano depara-se com um afável empecilho: o excesso de opções. Por isso, o bom turista deve eleger algumas prioridades.

Se a oferta de praias pode ser considerada exagerada, há também história, como as várias fortalezas que cercam a Ilha de Santa Catarina, que não passam desapercebidas por ninguém. Independente do nível de conservação  – algumas restauradas, outras em ruínas – as fortalezas compõem um espetáculo à parte e representam hoje o mais significativo patrimônio da Marinha Brasileira em todo o Atlântico.

Outra alternativa é a badalação. A Ilha da Magia é moderna e cosmopolita, repleta de gente jovem e bonita. Lá, o novo e o antigo convivem harmoniosamente, seja nos balneários agitados ou nas pacatas vilas de pescadores. Há mais de 100 praias, inúmeros parques, dunas, reservas naturais, praças, lagoas, boates, entre outros atrativos. É só traçar seu roteiro e se jogar em Floripa!

Deixa seu comentário

3 comentários

Clique aqui para comentar

Cadastre-se

Receba Dicas de Roteiros Nacionais e Internacionais do Brasil e do Mundo.

Publicidade


Você vai se interessar…

Cashback de Hotéis | Tilt