Home » Relato Gastronômico da cidade histórica de Paraty feito por Larissa Corrêa
Dicas de Viagem Nacionais

Relato Gastronômico da cidade histórica de Paraty feito por Larissa Corrêa

0

Estive em Paraty no começo de setembro e ô cidade para ter comida gostosa! Cheguei na sexta bem de noite por isso não pude aproveitar nenhuma iguaria da cidade, mas compensei no sábado, comendo tudo que podia!

Para começar, o café da manhã da Pousada Arte Urquijo, que foi onde eu fiquei durante minha estadia na cidade histórica. Um café da manhã digno de novela, com muita variedade de pães e bolos caseiros, frutas, tortinhas e iogurte. O destaque vai para o crepe de maçã. DOS DEUSES! Se vocês forem na pousada, não deixem de pedir, essa delícia que vem bem quentinho e com uma bolinha de sorvete de creme.

Na hora do almoço, comi no passeio de escuna que fiz pela Paraty Tours, com uma vista paradisíaca, um franguinho com creme de milho, arroz e salada, não comi peixe pois não queria me sentir um monstro de comer olhando para os parentes dele no mar. Uma delícia, quem fizer o passeio pode ficar despreocupado com o almoço.

Na noite de sábado eu e meu namorado vagamos, meio sem rumo, pelo centro histórico e quando bateu a fome fomos a caça de um restaurante que atendesse nossa vontade: pizza! Sim, eu sei, fui para Paraty para comer o que eu posso fazer em casa, mas fazer o que é, pizza nunca dá errado. Encontramos a Pizzaria Colônia e acabamos pedindo esfihas abertas. Que surpresa boa! Comemos sabores doces e salgados, levamos pra pousada e a conta no final coube no bolso como uma pena! Indico muuuuuito!

Na volta para pousada, ficamos encantados com as barraquinhas de doce que ficam espalhada por todo canto. De dia, elas chamam atenção pela quantidade de opções e de noite, além do atrativo gastronômico, elas ainda se iluminam, deixando a vontade de experimentar qualquer iguaria mais aflorada ainda. Obvio que eu, formiguinha que sou, parei para comer um pedaço de cuscuz, com dose extra de leite condensado. Todos os doces têm uma cara fantástica, mas o cuscuz ganhou meu estômago.

Domingo foi dia de Jeep Tour e nós paramos para comer entre uma cachoeira e um alambique. Você gosta de aventura? É fã de filmes de ação? Então vá ao restaurante Villa Verde. Nossa Larissa, o que que um restaurante tem a ver com aventura? Bom, para você chegar no local onde irá matar sua fome, precisa passar por uma ponte GIGANTE! Estilo Indiana Jones, sabe? Pois é. Para os corajosos é ótimo, mata a fome de aventura e a fome de fome. Passado o desafio, o local é lindo, cenário de filme mesmo. A comida é deliciosa e o restaurante tem opções de saladas, massas, risotos e carnes brancas e vermelhas. Apesar de ser no meio do mato, aceita cartão, pode ir despreocupado.

Créditos da imagem: Dando Pause
Créditos da imagem: Villa Verde Paraty

No Jeep Tour, conhecemos também o Alambique Pedra Branca e sua lojinha, meus amigos, a loja é um local onde você entra sóbrio e sai bêbado… mas satisfeito. Uma variedade infinita de cachaças, não deixe de provar a Gabriela, feita com cravo e canela e a Caramelada, feita com melado de cana. Há também licores e doces feito com a cachaça. Os responsáveis por engordar minha fatura do cartão foram os potes de doce de leite, provem o com café e o com nata! Mas depois não me culpem pela quantidade de potes que vocês irão comprar hein!

Bom, a cidade oferece uma gama de restaurantes para todos os gostos, desde comidas mais sofisticas até a tradicional e amada pizza. Não se preocupe com alimentação em Paraty pois pode ter certeza que a cidade não vai te deixar na mão no quesito gastronômico.

Viva mais histórias pelo mundo com o Hurb e descubra mais sobre os destinos visitando nosso Instagram.

Deixa seu comentário

Cadastre-se

Receba Dicas de Roteiros Nacionais e Internacionais do Brasil e do Mundo.

Publicidade


Você vai se interessar…

Cashback de Hotéis | Tilt