Home » Morro abaixo! As cinco melhores trilhas para pedalar no Rio de Janeiro
Curiosidades Dicas de Viagem Nacionais

Morro abaixo! As cinco melhores trilhas para pedalar no Rio de Janeiro

0

Para quem curte esportes radicais nada como curtir uma boa trilha nesse feriado. Hoje o Viajante HU convida os aventureiros amantes das trilhas e das bikes para um roteiro sem igual.

Veja como também são lindas as diversas cidades do Rio de Janeiro por uma vista privilegiada, a qual poucos tem acesso. Nunca se esqueça que o percurso por trilhas é ideal para quem já tem certo conhecimento de ecoturismo, dos caminhos e, ainda assim, é importante que essas rotas sejam percorridas por grupos, de pelo menos, três pessoas. Equipamentos de segurança, bem como averiguar as condições climáticas no dia escolhido é essencial para o sucesso da jornada.

  1. Trilha do Urubu

Siga pela rodovia Washington Luiz até Santa Cruz da Serra (Duque de Caxias) continue na Avenida Automóvel Clube, entre no bairro Nova Campina, à esquerda da avenida, mesma entrada da trilha Pedra da Onça. Essa trilha é composta de duas partes: uma de velocidade, com mergulhões e pequenos saltos, outra de floresta, que requer muita técnica, pois tem muitos cotovelos e obstáculos durante o trajeto.

pedra do urubu

  1. Pedra da Onça

Fazendo o mesmo trajeto da trilha do Urubu, você tem esse percurso de velocidade, com cotovelos e mergulhões. Requer atenção por ser área rural, podendo encontrar animais no meio do trajeto. Você também tem a opção de ir até as torres, descer pelo caminho da ida ou voltar por um caminho mais íngreme, o qual proporciona maior velocidade, opção de salto – para isso a bike precisa estar com os freios em ordem. É um percurso excelente, apesar de ter que subir pedalando ou empurrando a bike, mas a velocidade é incomparável!

  1. Trilha do Conan

Os Bikers locais a apelidaram de Trilha do Conan. Essa trilha é de difícil acesso, na subida da serra de Petrópolis, acesso pelo bairro Santo Antônio, siga em frente pela rua principal até acabar em um sítio e continue na trilha ao lado da porteira, chegando ao topo dela é só descer – trilha excelente para os amantes do downhill.

O trajeto pode ser percorrido pelos dois lados da montanha. Em ambos os lados do percurso requer força e técnica para subir- uma trilha de resistência. A descida é de velocidade e muita técnica. O presente? Uma vista radical de toda serra de Petrópolis e da Baía de Guanabara

  1. Trilha da Ponta da Prainha / Morro da Cabocla

Essa trilha fica no morro da cabocla ou da prainha, em Arraial do Cabo. Vista inesquecível de várias praias… possibilita vários saltos e velocidade incrível. Boa para iniciantes, pé no freio e boa sorte!Ponta da prainha, arraial do cabo

  1. Trilha do Estadual de DH do RJ #6 2008

Essa trilha está localizada em Paraíba do sul, RJ e foi palco para a 6a etapa do estadual de downhill do RJ 2008. A trilha fica dentro do parque Salutaris, entrando no parque, a pista fica situada do lado esquerdo de uma pista de skate de concreto. Deve-se subir pelo morro e ficar atento para não perder a linha da trilha. Existem diversas linhas quando não está tendo campeonato. Tem por característica um começo de pedras mais técnico e depois se transforma em singletracks velozes, boa para pequenos saltos e inclinação nas finalizações.

Entrada da cidade de paraiba do sul

Radical, não é? corra lá no Hotel Urbano e conheça as melhores opções de hospedagem nesses entre outros lugares incríveis.

Deixa seu comentário

Cadastre-se

Receba Dicas de Roteiros Nacionais e Internacionais do Brasil e do Mundo.

Publicidade


Você vai se interessar…

Cashback de Hotéis | Tilt