Home » Descubra a arena de tecnologia que é São José dos Campos
Curiosidades Dicas de Viagem Nacionais

Descubra a arena de tecnologia que é São José dos Campos

São José dos Campos é uma cidade do interior de São Paulo que ficou em 11º lugar no ranking das 100 maiores cidades com a melhor educação do país, segundo a pesquisa Desafios da Gestão Municipal 2017. O ótimo posicionamento faz com que a gente se questione: afinal, há algo em específico que a diferencia das outras? A resposta é sim, principalmente quando abordamos sua tradição na tecnologia.

Com polo de indústrias aeroespaciais, automotivas, de telecomunicações, de pesquisa científica e diversos outros prédios que acomodam grandes empresas, São José dos Campos cultiva uma área que tem impressionante desenvolvimento tecnológico.

Veja a seguir os três principais locais que o Viajante HU separou para mostrar como o município tem grande potencial científico e por isso é um destaque nacional! 

Crédito da foto: guiasjc.com.br

Parque Tecnológico de São José dos Campos

O Parque Tecnológico de São José dos Campos é o maior complexo de inovação e empreendedorismo do Brasil, com mais de 300 empresas e instituições de ensino e pesquisa. Inaugurado em 2009, é o único lugar do mundo em que as três maiores fabricantes de aviões realizam atividades, sendo elas a Boeing, a Airbus e a Embraer.

Um dos propósitos do Parque é aproximar o ensino superior das novas dinâmicas do empreendedorismo. Para isso ocorrer, as atividades são sempre diversificadas, com foco em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação. O ambiente é alimentado pelo segmento aeronáutico, espacial, de saúde, automotivo, entre outros. Ou seja, é uma área extensa tanto no sentido territorial quanto no sentido de abraçar o ensino.

Crédito da foto: meon.com.br

Instituto Tecnológico de Aeronáutica

Conhecido como ITA, está em funcionamento desde 1950 e tem toda uma reputação a zelar por ser considerado um centro de referência no ensino superior no Brasil. Trata-se de uma Instituição de ensino pública que oferece cursos de graduação, pós-graduação e mestrado profissional, sendo ainda um dos responsáveis por mudar o panorama do ensino de engenharia no Brasil. O ITA faz parte do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), que era o antigo Centro Técnico Aeroespacial (CTA).

Para conseguir uma vaga, o estudante sabe que vai precisar encarar uma grande quantidade de concorrentes. Porém, se selecionado, as recompensas vão além da educação de qualidade: o Instituto Tecnológico de Aeronáutica oferece alimentação gratuita aos alunos e moradia de baixo custo dentro do próprio DCTA. Bastante incentivador, né?

O Espaço ITA, inclusive, já está a pleno funcionamento dentro do Parque Tecnológico. É a primeira vez que o Instituto mantém uma unidade fora do seu tradicional campus. Isso mostra como as coisas andam lado a lado na cidade.

Créditos da foto: Enilton Kirchhof

Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais

O Instituto em questão tem instalação em 12 cidades, mas a sede é em São José dos Campos. O INPE surgiu nos anos 60 e foi motivado pelos pensamentos e ideias sobre conquistas espaciais, que começaram a avançar naquela época. A história do Instituto envolve grandes iniciativas na comunidade científica. Aos poucos, o local foi respondendo aos desafios e crescendo enquanto trabalhava nas demandas científicas e tecnológicas.

Atualmente, a missão do INPE é promover e executar estudos e pesquisas nos campos da Ciência Espacial e da Atmosfera, das Aplicações Espaciais, da Meteorologia, da Engenharia Espacial e de diversos outros conteúdos que tenham ligação com o assunto. O objetivo é colaborar, dessa forma, com a qualidade de vida da população brasileira e com o desenvolvimento do país.

Créditos da foto: jornalggn.com.br

Curiosidades em inovação

Você sabia que o projeto da urna eletrônica foi realizado por pesquisadores do CTA (hoje Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial) e do INPE? O aparelho que facilita o voto é considerado uma solução inovadora e foi utilizado pela primeira vez em 1996. E temos que concordar que desde então isso já agilizou muito as coisas!

Outro projeto de sucesso desenvolvido pelo antigo CTA foi o motor a álcool. No ano de 1976 o teste com três carros obteve sucesso ao percorrer tranquilamente 8.500 quilômetros e comprovou que era possível colocar em prática essa ideia.

Créditos da foto: eleicoes2018.com

Gostou de saber dessas informações? Já imaginava que São José dos Campos acumulava tantos espaços de alta tecnologia e conhecimento?

Viva mais histórias com o HU e descubra mais destinos visitando nosso Instagram.

Deixa seu comentário